fbpx
 

Artigos

12/02/2020

Tecnologia Blockchain 3.0: o que é e como foi utilizada pela MRV Incorporadora

Por José Marciano da Silva Neto

Blockchain é uma tecnologia que, provavelmente, terá o maior impacto no futuro da economia mundial. Nesse sentido, várias empresas estão se concentrando no potencial de impacto e revolução dessa tecnologia na economia, a partir da criação de mudanças nas suas organizações e na maneira como seus negócios são realizados.

A MRV, a maior incorporadora do país, anunciou, em comunicado dirigido à imprensa em agosto de 2019, que está fazendo uso do blockchain em um projeto imobiliário no município de Duque de Caxias (RJ).

A operação realizada pela MRV representa a primeira incorporação imobiliária com blockchain, cujo feito tem um impacto disruptivo potencial para os modelos de negócios existentes no ramo imobiliário.

Por meio de uma rede de cartórios, o blockchain aplicado ao mercado imobiliário é capaz de trazer agilidade para os personagens que atuam no segmento, notadamente por sua capacidade de reduzir a burocracia com redução de prazos e simplificação de processos.

Com o uso da tecnologia é possível realizar contratos eletrônicos em geral (smart contracts), envolvendo tanto particulares quanto entes públicos, a exemplo da compra e venda particular, operações que envolvam bancos e instituições financeiras, alvarás e licenciamentos de obras em formato digital.

No caso da MRV, a empresa concluiu a compra de um terreno, com escritura da área e registro da incorporação imobiliária do empreendimento, por meio de blockchain. A operação foi concluída no prazo de quatro dias, e foi conduzida pela startup Growth Tech através da rede virtual Notary Ledgers, que opera por meio do blockchain corporativo IBM Blockchain Platform.

Em comparação com o processo tradicional, no qual toda a operação é realizada por meio físico, um registro de escritura de compra e venda leva, em média, 30 dias para ser concluído. Já outros atos, como o registro da incorporação e convenção de condomínio, podem chegar a até 45 dias.

O feito alcançado pela MRV eleva a atividade operacional da empresa à Categoria Blockchain 3.0, pois envolve aplicações do blockchain que vão além do seu uso originário, então reservado ao mercado financeiro, passando a figurar em um setor de alta relevância para a sociedade. Assim, revela uma oportunidade para o desenvolvimento e aprimoramento de modelos de negócios no segmento imobiliário, servindo de base para uma melhor compreensão dos benefícios e desafios que essa tecnologia pode trazer em ambientes econômicos específicos.

Compartilhe:


VOLTAR